REGIOSTARS Awards 2020

 
Os prémios REGIOSTARS são uma competição anual organizada pela Direção Geral de Política Regional e Urbana da Comissão Europeia. O objetivo é identificar boas práticas no desenvolvimento regional e destacar projetos inovadores financiados pela UE, que possam ser inspiradores para outras regiões e gestores de projetos.
Existem cinco categorias de prémios REGIOSTARS para 2020
- Transição industrial para uma Europa
- Economia circular para uma Europa verde
- Competências e educação para uma Europa digital
- Compromisso dos cidadãos por cidades europeias coesas
- Capacitação dos jovens para a cooperação além-fronteiras
 
As candidaturas devem ser submetidas pelo gestor do projeto com o aval da autoridade de gestão, que forneceu financiamento da UE (fundo europeu de desenvolvimento regional, fundo de coesão, fundo social europeu, instrumento de pré-adesão ou instrumento europeu de vizinhança) para o projeto.
As candidaturas podem ser realizadas,exclusivamente, através do seguinte site: https://regiostarsawards.eu/
 
Esta plataforma está acessível de 2 de março a 9 de maio de 2020.
 
 
Data da publicação: 01/04/2020

Prémio da União Europeia para Mulheres Inovadoras de 2019

 
 
Está aberto a nova edição do concurso para o Prémio da União Europeia para Mulheres Inovadoras de 2019, que reconhece as mulheres empreendedoras que de forma bem-sucedida trouxeram inovações para o mercado.
 
Segundo Carlos Moedas, Comissário da Investigação, Ciência e Inovação, o «Prémio da UE para Mulheres Inovadoras oferece reconhecimento público a empresárias destacadas e inspira outras mulheres a seguir os seus passos».
 
Este prémio visa distinguir mulheres que obtiveram êxito ao trazer as suas ideias inovadoras para o mercado no campo da ciência e inspirar outras a seguir os mesmos passos.
 
O prémio pretende o aumento da consciencialização pública sobre o potencial, a importância e a contribuição das mulheres para o ecossistema de inovação e a criação de modelos fortes que inspirarão outras mulheres a se tornarem inovadoras.
 
 
O concurso está aberto a qualquer mulher da União Europeia e países associados ao Horizon 2020, que tenham:
 
Ser fundadora ou cofundadora de uma empresa ativa e existente;
- A candidata ou a empresa terem beneficiado de financiamento da UE;
- Ser uma mulher residente num Estado-Membro da UE ou num país associado ao Horizon 2020.
 
Os participantes foram convidados a declarar a sua intenção de participar no concurso, através do correio eletrónico Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. no inicio de 2020.
 
As candidaturas devem ser submetidas através do sítio internet, até ao dia 21 de Abril de 2020 pelas 16:00 h (hora portuguesa)
 
Saiba mais aqui.
 
 
 
 
Data da publicação: 01/04/2020

COVID-19: Comissão apela a restrição temporária de viagens não essenciais com destino à UE

 

A Comissão convidou os chefes de Estado ou de Governo a introduzir uma restrição temporária de todas as viagens não essenciais com destino à UE.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, informou desse facto os parceiros do G7.A proibição deveria ser aplicada por um período inicial de 30 dias, a prorrogar, se necessário. São propostas derrogações para, nomeadamente, residentes de longa duração na UE, membros da família de cidadãos europeus e diplomatas.

O pessoal essencial, como médicos, enfermeiros, profissionais de saúde, investigadores e peritos que contribuam para combater o coronavírus, bem como pessoas que transportem mercadorias e trabalhadores fronteiriços poderão também continuar a ser autorizados a entrar na UE.

A Comissão convida os chefes de Estado ou de Governo a adotar uma abordagem coordenada a este respeito, com o acordo dos Estados participantes no Acordo de Schengen que não são membros da UE, com efeitos imediatos.

 

Data de publicação: 17/03/2020

 

Alentejo Social Innovation Safari #2

 

O Centro Europe Direct Alentejo Central e Litoral, com o apoio da DG Régio, CCDR Alentejo e Fundação Eugénio de Almeida, encontra-se a organizar eventos de divulgação sobre a Política de Coesão da União Europeia, com o objetivo de dar a conhecer e divulgar projetos, que foram financiados por fundos comunitários. 

 

No passado dia 10 de março realizaou-se o Alentejo Social Innovation Safari, que consistiu em visitas a vários projetos apoiados por fundos comunitários na região do Alentejo Central, nomeadamente Évora e Montemor-o-Novo.

Espaço do Tempo

A primeira entidade visitada, o Espaço do Tempo é uma associação maioritariamente financiada pelo Ministério da Cultura e pela Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, entre outros, e cuja principal função é acolher artistas do teatro, da dança e da performance para ensaios. Paralelamente promove ensaios abertos, espetáculos de grande formato, espetáculos infantis, conferências, entre outros eventos com parceiros da cidade e do concelho.

No quadro 2007/2013, QREN/INALENTEJO, teve 3 grandes projetos aprovados, sendo eles a Festa da Animação (consistiu na produção da Festa da Animação em Montemor), Pedras Vivas (promoção de conferências e espetáculos infantis), e Montemor Pedra a Pedra (Projeto de grande dimensão que promoveu espetáculos infantis, dinamizou o Grupo de Teatro da Escola Secundária, promoveu aulas de dança contemporânea, promoveu um Cine Clube, produziu o espetáculo do 25º aniversário do Coral de São Domingos, permitiu realizar conferências e a aquisição de equipamento técnico).

Herdade Freixo do Meio

Seguidamente, visitou-se a Herdade Freixo do Meio, uma Cooperativa, que estrutura o trabalho de economia social desenvolvido na herdade do Freixo do Meio há várias gerações, pretende essencialmente integrar e regular os diferentes usos deste Bem Comum. O objetivo principal é o de compatibilizar a melhoria permanente da relação com os recursos e a obtenção da abundância de bens e de serviços. Para tal, a Cooperativa de Usuários do Freixo do Meio, Crl, adotou uma vocação integral embora se centre inicialmente no alimento.

A Cooperativa teve um projeto PDR2020 aprovado, trata-se de um projeto da medida dos grupos operacionais e é um projeto demonstrativo de uma técnica específica na regeneração de sistemas florestais: o desenho em “keylines”.

Terras Dentro

De seguida iremos visitar a Terras Dentro – Associação para o Desenvolvimento Integrado, no espaço da CERCI MOR. A Terras Dentro nasceu em Alcáçovas no ano de 1991. Deram-lhe origem a Junta de Freguesia, a Câmara Municipal de Viana do Alentejo e um grupo de cidadãos empenhados no desenvolvimento da sua terra.

O projeto a visitar será o Monte Dentro, a decorrer em Montemor-o-Novo, e vai já na 7ª geração o que concretizada em 7 anos de intervenção junto das crianças, jovens e famílias desfavorecidas do concelho. É promovido pela Associação para o Desenvolvimento Integrado, Terras Dentro e financiado pelo Programa Escolhas, com fundos comunitários europeus, geridos pelos POISE e ACM (Alto Comissariado para as Migrações). É um projeto criado por um consórcio de entidades com intervenção local, que se juntam regularmente para avaliar e discutir a intervenção da equipa junto do público-alvo.

Esta geração de 2 anos (2019 -2020) tem como objetivo geral promover a inclusão social de crianças, jovens e suas famílias, potenciando a redução do absentismo e abandono escolar, a promoção do emprego e empregabilidade e a consciencialização dos indivíduos como agentes de mudança social.

Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida

Para finalizar o roteiro, em Évora, o Centro de Inovação Social da Fundação Eugénio de Almeida. O Centro de Inovação Social (CIS) é uma estrutura que visa promover e apoiar projetos inovadores, com modelos de negócio sustentáveis, focados no impacto social e com potencial de escalabilidade, que empoderem as populações e que contribuam para solucionar os problemas dos territórios de baixa densidade.

É um espaço físico com um forte programa de criação de ecossistema, de promoção, capacitação, incubação e aceleração de iniciativas de empreendedorismo social, em paralelo com a continuidade do papel de facilitador e polinizador de todo o ecossistema de inovação social no Alentejo.

O Centro de Inovação Social é financiado POISE, Portugal Inovação Social, Portugal 2020 e Fundo Social Europeu  tendo como investidores sociais DECSIS, Sistemas de Informação SA, numa parceria com a Outsystems Portugal e a Cisco Systems Portugal, Caixa Económica Montepio, Ernest & Young Portugal e Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central.

 

 

Data de publicação: 13/03/2020

AVISO COVID-19

 
Considerando a publicação do Plano Nacional de Preparação e Resposta à Doença por novo Coronavírus (Covid-19), o cumprimento do determinado pela Direção Geral de Saúde, as orientações da Comissão Europeia e as medidas preventivas do Plano de Contingência da entidade de acolhimento, ADRAL - Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, vimos informar que, o Centro de Informação Europe Direct Alentejo Central e Litoral, suspende as deslocações externas, a organização e participação em eventos, até ao dia 27 de março (podendo ser cancelada a situação a qualquer momento).
De igual modo, fica suspenso o atendimento presencial ao público, solicitando-se que, sempre que possível, seja utilizado o telemóvel (+351 965 105 282) ou o correio eletrónico ( Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ).
Oportunamente atualizaremos a presente informação aguardando a evolução da situação e as instruções das autoridades de saúde.
Muito obrigado pela compreensão.
Centro de Informação Europe Direct Alentejo Central e Litoral
13/03/2020
 

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

  Instagram 

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

Alentejo Central: Rua Circular Norte do PITE 35, 7005-841 Évora

Alentejo Litoral: Avenida de Santiago, 1º Andar do Gabinete Municipal,

7500-170 Vila Nova de Santo André

Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.