Previsões económicas da UE: recuperação gradual, riscos externos

A economia europeia voltou a crescer no segundo trimestre do ano em curso. Nos últimos meses, registaram-se sinais encorajadores que apontam para a continuação da recuperação económica.
A economia da UE deverá crescer 0,5 % no segundo semestre de 2013, em comparação com o mesmo período de 2012. Este ano, o PIB anual deverá permanecer inalterado na UE e registar uma contracção de 0,4 % na zona euro. Mas a taxa de crescimento deverá acelerar gradualmente e atingir 1,4 % na UE e 1 % na zona euro em 2014 (1,9 % e 1,7 % em 2015).
Estes dados globais escondem, contudo, diferenças substanciais entre os países da UE.
A procura interna deverá tornar-se progressivamente o principal motor de crescimento na Europa, nomeadamente, num contexto de perspectivas menos positivas para as economias de mercado emergentes.
Olli Rehn, Vice-Presidente da Comissão Europeia, responsável pelos assuntos económicos e monetários e pelo euro, declarou: «Existem cada vez mais indícios de que a economia europeia atingiu um ponto de viragem. A consolidação orçamental e as reformas estruturais realizadas na Europa criaram as bases para o relançamento da economia. Mas ainda é cedo para gritar vitória: o desemprego continua a registar níveis inaceitáveis. Por este motivo, temos de continuar a trabalhar para modernizar a economia europeia, garantir um crescimento sustentável e criar emprego».


Para mais informação consulte: http://ec.europa.eu/news/economy/131105_pt.htm

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

  Instagram 

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

Alentejo Central: Rua Circular Norte do PITE 35, 7005-841 Évora

Alentejo Litoral: Avenida de Santiago, 1º Andar do Gabinete Municipal,

7500-170 Vila Nova de Santo André

Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.