Projecto português de pastagens contra as alterações climáticas vence concurso europeu

O grande vencedor do concurso europeu “Um mundo que me agrada”, para a melhor solução contra as alterações climáticas, é um projecto português: considerou-se que “Pastagens Semeadas Biodiversas” preconiza uma solução inovadora para a redução das emissões de dióxido de carbono, a erosão dos solos e os riscos de incêndios florestais, aumentando ao mesmo tempo a produtividade das pastagens.
Anunciado em Copenhaga (Dinamarca) pela Comissão Europeia, na cerimónia de entrega dos prémios Sustainia, o prémio distingue um projecto promovido pela Terraprima, empresa de serviços ambientais portuguesa, e envolve mais de 1000 agricultores portugueses. Sustentada por três projectos financiados pelo Fundo Português do Carbono, a Terraprima fez, desde 2008, contratos com estes agricultores, pagando-lhes pelos serviços de captura de carbono feita pelas pastagens biodiversas.
Estas pastagens são formadas por 20 variedades diferentes de plantas. A pastagem acaba por se adaptar ao tipo de solo onde é plantada. Os agricultores têm de comprar estas sementes e, posteriormente, têm o apoio técnico da Terraprima durante o projecto.
Além de capturarem mais carbono, estas pastagens enriquecem o solo de matéria orgânica, protegem contra a seca e são mais nutritivas para os animais que se alimentam delas, evitando que os agricultores tenham de comprar mais alimento, que normalmente é produzido de uma forma intensiva.

Para mais informação consulte: www.publico.pt/ciencia/noticia/projecto-portugues-pastagens-semeadas-biodiversas-vence-concurso-europeu

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

  Instagram 

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

Alentejo Central: Rua Circular Norte do PITE 35, 7005-841 Évora

Alentejo Litoral: Avenida de Santiago, 1º Andar do Gabinete Municipal,

7500-170 Vila Nova de Santo André

Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.