Plano ambicioso da UE poderá reduzir a utilização dos sacos de plástico em até 80 %

Plano apresentado pela Comissão poderá reduzir radicalmente a utilização dos sacos de compras em plástico de usar e deitar fora ao longo dos próximos quatro anos.
Ao abrigo da proposta, os países da UE deverão desincentivar a utilização dos sacos de plástico leves da forma que considerarem mais apropriada. Entre as opções possíveis estão a tributação, a proibição ou a adopção de metas nacionais de redução da utilização dos sacos de plástico.
Actualmente, cada europeu utiliza, em média, 198 sacos de plástico descartáveis por ano, o equivalente a um saco de plástico por dia por agregado familiar. Mas este valor varia muito de país para país, oscilando entre 4 sacos por pessoa na Dinamarca e na Finlândia e 466 em Portugal, na Eslováquia e na Polónia.
Mudar o comportamento dos consumidores
Muitos dos países da UE que introduziram taxas obrigatórias sobre a utilização dos sacos de plástico de usar e deitar fora assistiram a uma redução drástica da utilização deste tipo de sacos, já que os consumidores tinham de pagar cada vez que utilizavam um saco.
Os quase 100 mil milhões de sacos de plástico que todos os anos são dados pelos supermercados e outras lojas aos seus clientes só são utilizados uma vez durante cerca de 20 minutos, mas levam centenas de anos a degradar-se. Além disso, anualmente, 8 mil milhões desses sacos acabam por ir poluir os rios e os lagos ou sujar as ruas e degradar a paisagem.

 

Para mais informação consulte: ec.europa.eu/news/environment/131108_pt

Assista também ao vídeo: www.tvlink.org

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

  Instagram 

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

Alentejo Central: Rua Circular Norte do PITE 35, 7005-841 Évora

Alentejo Litoral: Avenida de Santiago, 1º Andar do Gabinete Municipal,

7500-170 Vila Nova de Santo André

Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.