UE alarga a sua cooperação em matéria de investigação com o Brasil e a África do Sul

 
A União Europeia vai reforçar ainda mais a sua cooperação em matéria de investigação e de inovação com os seus parceiros estratégicos do Brasil e da África do Sul, com vista a compreender melhor os ecossistemas marinhos e combater as alterações climáticas. As três Partes lançaram a iniciativa emblemática de Investigação e Inovação no Atlântico Sul e assinaram uma declaração conjunta sobre cooperação atlântica em matéria de investigação e de inovação.
 
A declaração foi assinada na histórica Torre de Belém, em Lisboa, por Carlos Moedas, Comissário europeu responsável pela Investigação, Ciência e Inovação, Gilberto Kassab, Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações do Brasil, e Naledi Pandor, Ministra da Ciência e Tecnologia da África do Sul, durante um evento ministerial e científico de alto nível.
 
A nova iniciativa emblemática sobre a Investigação e a Inovação no Atlântico Sul permitirá melhorar o conhecimento científico dos ecossistemas marinhos e as ligações entre os oceanos e as alterações climáticas, a alimentação e a energia, bem como a dinâmica do oceano Atlântico e dos seus sistemas interligados de circulação desde a Antártida até ao Ártico.
 
A declaração baseia-se nas realizações bilaterais, nomeadamente na assinatura das declarações de intenções bilaterais sobre cooperação e inovação em matéria de investigação marinha com o Brasil e a África do Sul, bem como no desenvolvimento do quadro de cooperação científica e técnica Sul-Sul no Atlântico Sul e Tropical e no oceano Antártico. Também ajudará a estabelecer uma ligação estreita entre as atividades de investigação no Atlântico Sul e no Atlântico Norte e a explorar sinergias com outras iniciativas. 
 
O reforço da investigação internacional e dos dados sobre os oceanos é igualmente um dos domínios prioritários da Comunicação Conjunta sobre a governação internacional dos oceanos, destinada a garantir oceanos seguros, limpos e geridos de forma sustentável. Esta comunicação e as ações conexas fazem parte da resposta da UE à Agenda 2030 das Nações Unidas e, mais concretamente, do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável número 14, «Vida Submarina». Além disso, é um exemplo concreto da forma como a Estratégia Global da UE produz resultados práticos. 
 
 

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

ADRAL
Rua Intermédia do PITE, 

Lt 4 e 6 7005-513 Évora
Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.