Estado da União em 2017: Aproveitar os ventos favoráveis

 
Todos os anos, em setembro, o Presidente da Comissão profere o Discurso sobre o Estado da União perante o Parlamento Europeu, fazendo o balanço dos resultados do ano anterior e apresentando as prioridades para o ano seguinte. Nele delineia igualmente a forma como a Comissão tenciona abordar os desafios mais prementes da União Europeia. Segue-se um debate em sessão plenária, que assinala o início do diálogo com o Parlamento Europeu e o Conselho, tendo em vista a elaboração do programa de trabalho da Comissão para o ano seguinte.
 
De referir igualmente que, o Presidente Jean-Claude Juncker e o Primeiro Vice-Presidente, Frans Timmermans, enviaram uma carta de intenções ao Presidente do Parlamento Europeu e à Presidência do Conselho, estabelecendo em pormenor as ações que a Comissão tenciona empreender por via legislativa, bem como outras iniciativas, até ao final do ano seguinte (no presente caso, 2018). Tal está especificamente previsto no Acordo-Quadro de 2010 sobre as relações entre o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia.
 
O discurso do Presidente Juncker no Parlamento Europeu foi acompanhado da adoção de iniciativas concretas pela Comissão Europeia em matéria de comércio, escrutínio dos investimentos, cibersegurança, indústria, dados e democracia, passando imediatamente das palavras à ação.
 

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

ADRAL
Rua Intermédia do PITE, 

Lt 4 e 6 7005-513 Évora
Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.