Pacote de outono do Semestre Europeu: fomentar um crescimento sustentável e inclusivo

 
A Comissão fixa as prioridades económicas e sociais da UE para o próximo ano, emite recomendações para a área do euro e conclui a avaliação dos projetos de planos orçamentais dos Estados-Membros da área do euro.
 
O ciclo de 2018 do Semestre Europeu para a coordenação das políticas económicas, orçamentais e sociais começa num contexto de forte atividade económica na área do euro e na UE, níveis recorde de emprego e taxas de desemprego em queda para níveis anteriores à crise. Uma vez que todos os Estados-Membros contribuem para o forte dinamismo do crescimento económico, a prioridade atual é garantir que este se mantém e traz benefícios para todos os elementos das nossas sociedades. A par de políticas orçamentais responsáveis, a prossecução das reformas estruturais deve centrar-se na criação de condições para estimular o investimento e num maior crescimento real dos salários para apoiar a procura interna. O pacote apresentado baseia-se nas previsões económicas do outono de 2017 da Comissão e baseia-se nas prioridades apresentadas pelo Presidente Juncker no discurso sobre o Estado da União de 2017. Reflete igualmente a proclamação do Pilar Europeu dos Direitos Sociais na recente Cimeira Social de Gotemburgo.
 
O crescimento económico está em forte aceleração, com a economia da área do euro em vias de crescer este ano ao ritmo mais rápido dos últimos dez anos. Este bom desempenho é impulsionado por um consumo privado resiliente, um forte crescimento global e taxas de desemprego em queda. As economias de todos os Estados-Membros estão em expansão e os seus mercados de trabalho continuam a melhorar, mas o aumento dos salários continua a ser limitado. O investimento também está a acelerar, impulsionado por condições de financiamento favoráveis e um clima económico mais otimista, à medida que a incerteza se vai esbatendo. As finanças públicas dos países da área do euro melhoraram consideravelmente. Com os Estados-Membros em diferentes fases do ciclo económico, as orientações hoje apresentadas destacam a necessidade de se encontrar o justo equilíbrio entre o apoio à expansão económica e assegurar a sustentabilidade das finanças públicas, em especial através da redução dos elevados níveis de dívida.
 

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

ADRAL
Rua Intermédia do PITE, 

Lt 4 e 6 7005-513 Évora
Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.