A Europa perto de mim - Universidade Sénior de Évora

Durante o ano de 2019 será dada continuidade às sessões “A Europa perto de mim”, na Universidade Sénior de Évora. Em Janeiro voltou a abordar-se a temática do Património da Humanidade, concluído algum do trabalho já realizado em 2018 e procedeu-se à apresentação do plano de ação do CIED Alentejo Central e Litoral para 2019, com vista ao estimulo da participação ativa por parte deste grupo alvo em futuras sessões do CIED.
 
A disciplina “A Europa perto de mim” irá estar presente na Universidade Sénior nas seguintes datas:
- 13 de fevereiro;
- 27 de fevereiro;
- 20 de março;
- 13 de abril.
As inscrições nas sessões mencionadas acima são realizadas junto da Universidade Sénior de Évora.
 

1 Minuto de Europa na Rádio Campanário e Rádio Sines

 

O CIED Alentejo Central e Litoral continua a apostar na presença nas rádios locais, através da continuação do programa “1 Minuto de Europa” na Rádio Sines e a aposta num novo espaço de divulgação de informação sobre a União Europeia na Rádio Campanário. 
Ambos os programas são de carater semanal, onde iremos partilhar novidades sobre a União Europeia e a agenda de eventos na região do Alentejo Central e Litoral.
 

Colóquio «O MAR – um universo de recursos»: a valorização dos recursos naturais da reserva natural da lagoa de Santo André e da Sancha

Convidamo-lo a estar presente, no colóquio O MAR – um universo de recursos: a valorização dos recursos naturais da reserva natural da lagoa de Santo André e da Sancha, a 29 de janeiro,  em Vila Nova de Santo André, pelas 14h30, na biblioteca Manuel José do Tojal. O evento contará com as entidades parceiras do presente ciclo de eventos, o Município de Santiago do Cacém, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

 

O ciclo «O MAR - Um Universo de Recursos»:

Iniciativa a desenvolver em 2019, através da organização de 3 colóquios a organizar pelo Centro de Informação Europe Direct - Alentejo Central e Litoral em parceria com os CIED –Área Metropolitana de Lisboa e o CIED – Oeste e Lezíria do Tejo.

 O colóquio – a valorização dos recursos naturais da reserva natural da lagoa de Santo André e da Sancha, será inserido no âmbito do festival da enguia de Vila Nova de Santo André (de 25 de janeiro a 3 de fevereiro): www.cm-santiagocacem.pt/evento/agenda-cultural-do-mes-de-janeiro/

 

«O mar um universo de recursos»

Nos passados meses de novembro e dezembro de 2018, o CIED – Alentejo Central e Litoral participou no ciclo de colóquios «O Mar um Universo de Recursos» organizado pelo CIED –Área Metropolitana de Lisboa em parceria com este CIED –Alentejo Central e Litoral e o CIED – Oeste e Lezíria do Tejo.  No âmbito desta parceria foram realizados 3 colóquios dedicados a aspetos específicos de atividades da nossa costa: o ambiente, o Surf enquanto atividade económica e o turismo desenvolvido pela náutica de recreio.

No dia 15 de novembro, pelas 15 horas decorreu no auditório da biblioteca do campus da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova – Monte da Caparica, o colóquio dedicado ao ambiente. O evento contou com a participação dos oradores Dr. Miguel Henriques, Biólogo do parque marinho Professor Luiz Saldanha e Dra. Lia Vasconcelos, Professora do Departamento de Ciências e Engenharias do Ambiente da FCT e Investigadora MARE – Centro do Mar e Ambiente. Os oradores convidados apresentaram o processo de desenvolvimento da zona de reserva do parque marinho Prof. Luiz Saldanha – Arrábida no contexto do seu ecossistema marinho e socioeconómico.

O colóquio: «o surf enquanto atividade económica», decorreu no dia 5 de dezembro de 2018, na Ericeira Business Factory, pelas 15 horas. Este encontro contou com a presença do Dr. João Costa Professor da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do IPL, que abordou questões relativas à sustentabilidade da utilização das praias no contexto da exploração económica das escolas de Surf e as necessidades de regulamentação que se têm sentido em Peniche. E com o orador convidado Kalu Oliveira agente económico, do Alentejo Litoral, na área do surf que explicou a forma como tem evoluído toda a sua área de atividade económica em volta da cultura e prática do Surf sustentável.

A última iniciativa decorreu no auditório da biblioteca da Escola Secundária Sebastião da Gama, em Setúbal, a 7 de dezembro de 2018, pelas 15 horas e teve como oradores convidados o Professor António Santos, dinamizador do Centro de Formação Desportiva de Atividades Náuticas de Setúbal e Engenheiro Joaquim Parrinha agente económico da náutica e recreio da zona de Sines. Esta iniciativa promoveu o debate entre docentes e alunos de forma a refletir o quanto os jovens estão afastados destas práticas desportivas e o acesso à formação enquanto forma de vencer essa problemática de contexto atual. Apontando-se a naútica de recreio como uma atividade potenciadora do elevado nível turistíco da costa portuguesa.

Estes eventos permitiram divulgar a atuação e prioridades da U.E em relação à sustentabilidade ambiental e ao desenvolvimento regional do litoral português. Para o ano de 2019 o ciclo de conferências «o mar um universo de recursos» será organizado pelo CIED – Alentejo Central e Litoral, no Alentejo Litoral, em parceria com o CIED – Oeste e Lezíria do Tejo e o CIED – Área Metropolitana de Lisboa. 

Startup de Évora, entre os quatro projetos inovadores distinguidos pela Comissão Europeia

 
A Comissão Europeia anunciou mais uma leva de resultados do Instrumento PME para apoiar 283 projetos inovadores, dos quais quatro em Portugal, ao abrigo do projeto-piloto do Conselho Europeu de Inovação (CEI). 
 
Por ocasião da divulgação da lista de beneficiários, Carlos Moedas, Comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação, responsável pelo programa Horizonte 2020 que financia o Instrumento PME, disse: «Apoiar a inovação disruptiva e, através dela, o crescimento económico e a criação de novos produtos e serviços e consequentemente novos postos de trabalho é o foco do Conselho Europeu de Inovação (CEI). Já foram apoiados 1276 projetos, financiados em mais de 730 milhões de euros. Este é um apoio muito importante para os europeus que continuam a apostar na inovação. E os quatro projetos portugueses agora premiados em Portugal são provas de que, quando apostam na inovação, os portugueses conseguem ser exemplos de excelência neste domínio.»
 
Projetos apoiados em Portugal:
LOQR, da empresa Loqr, de Braga, que desenvolveu um sistema seguro de identificação digital (Fase 1 do Instrumento PME - 50 mil euros);
ClarifyLupus, da Clarify Analytical, de Évora, que desenvolveu um teste que permite diagnosticar a doença do lúpus numa fase inicial (Fase 1 do Instrumento PME - 50 mil euros);
SpartWISE, da empresa Spartax Chemicals, de Ramada, que desenvolveu uma produção em larga escala de esparteína (Fase 1 do Instrumento PME - 50 mil euros);
VECTRACK, do qual é parceiro o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, que desenvolveu um sistema de observação terrestre de doenças vectoriais (Processo Acelerado para a Inovação - 1,5 milhões de euros).
 
Contexto:
Na Fase 1 do Instrumento PME, cada projeto recebe 50 000 euros para esboçar um plano de negócio. Já no Processo Acelerado para a Inovação, os projetos recebem cerca de 2 milhões de euros para tecnologias inovadoras, conceitos e modelos de negócio próximos do mercado. Todos  os projetos apoiados têm acesso a serviços gratuitos de aceleração e formação empresarial.
O Instrumento PME e o Processo Acelerado para a Inovação são hoje uma parte central do projeto-piloto do CEI, focado em produtos, serviços, processos e modelos de negócio inovadores que abram novos mercados. Até 2020, o projeto-piloto do CEI vai distribuir 2,7 mil milhões de euros a inovações revolucionárias, sob alçada do Horizonte 2020.
 
 

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

 

Financiado por

 
 
 
 
 

Contactos

ADRAL
Rua Intermédia do PITE, 

Lt 4 e 6 7005-513 Évora
Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.