55 milhões para empresas e investigação científica no combate ao COVID-19

 
 
O Governo lançou duas novas linhas de apoio, num total de 55 milhões de euros de fundos europeus, para simultaneamente financiar o combate ao COVID-19, dinamizar a economia através de apoios diretos a empresas e instituições científica, e dar resposta às necessidades imediata e a médio prazo do Serviço Nacional de Saúde.
 
Este financiamento, proveniente dos Programa Operacionais Regionais do Portugal 2020 e do Compete 2020, é atribuído a fundo perdido a novos investimentos ou a investimentos já em curso, suportando despesas realizada desde 1 de fevereiro de 2020.
 
O conhecimento e o desenvolvimento tecnológico estimulado por estes apoios vão ter impacto na economia para além da pandemia, já que os investimentos direcionados para a produção de novos bens essenciais vão permitir às empresas intensificar a sua atividade e diversificar a sua produção usual.
 
Linha para empresas que produzam bens essenciais
Apoio de 35 milhões de euros para PME e grandes empresas que redirecionem a sua atividade para a produção de produtos essenciais ou para aquela já focada nestes produtos que demonstrem um aumento da capacidade produtiva. Esta quantia vai permitir um investimento total de 50 milhões de euros.
 
Por produtos essenciais entende-se agentes ou ferramenta de desinfeção, de diagnóstico ou tratamento de COVID-19, equipamentos de proteção individual, equipamentos médicos ou ferramenta de recolha e processamento de dados.
 
Esta linha pode suportar até 80% do investimento realizado, valor que pode ainda atingir os 95% no ca de o projeto ser concluído no prazo de 2 meses.
 
Linha para projetos de investigação
Apoio de 20 milhões de euro para financiar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação.
 
Podem candidatar-se toda a empresas nacionais e entidades do sistema nacional de Investigação e Inovação (I&I), inclusivamente em parceria. Os apoios destinam-se a equipamentos, consumíveis, recursos humanos e outras despesas destinada à realização dos projetos e à certificação e divulgação dos seus resultados.
 
Esta linha financia a 100% investigação considerada fundamental e em 80% atividades de investigação industrial e desenvolvimento experimental – podendo mesmo atingir os 95% no ca de projetos transfronteiriços ou de colaboração com outros países da União Europeia. Prevê-se ainda um acréscimo de 25% da verba atribuída para despesas gerais (overhead).
 
 
 
Data da publicação: 20/04/2020
 

Ligue-se a nós

 Facebook

 Twitter

 Youtube

  Instagram 

 

Financiado por

Cofinanciado pela União Europeia

Contactos

Alentejo Central: Rua Circular Norte do PITE 35, 7005-841 Évora

Alentejo Litoral: Avenida de Santiago, 1º Andar do Gabinete Municipal,

7500-170 Vila Nova de Santo André

Tel (+351) 266 769 159
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.